sexta-feira, 6 de abril de 2007

Histórias reais com fragmentos de humor

Um amigo do meu colega de trabalho, de nome L. Paixão, andava a ver material para se camuflar quando estivesse na tropa. Um dos apetrechos que andava à procura era baton preto para pintar aqueles riscos na cara, como se vê nos filmes (e como ilustra a foto) :D

Ele e o meu colega A, andavam então na perfumaria à procura do bendito baton.
A certa altura, diz o meu colega alto e bom som, para o outro que estava na parte oposta da loja:

-" Paixão, já encontrei o baton!"

Escusado será dizer a reacção das pessoas presentes hehehe


Colega A, obrigada pela partilha da história ;)


________________________________________________



Outra história, passa-se em Tomar, em que eu e os meus amigos de universidade iamos sempre ao mesmo café. Estava sempre cheio de pessoal conhecido e além disso era um sítio em que as paredes eram vidro, o que dava a sensação de espaço e o que proporcionava uma visão perfeita para a rua.


Certo dia, eu, o meu amigo B e o D, estacionámos o carro e dirigimo-nos para o café. A conversa que íamos a ter estava bastante animada, tanto que o meu colega D que estava a relatar uma grande história (ou cusquice), ia distraído e tropeça no carrinho de pôr moedinhas que estava mesmo em frente a porta do café.


Tropeçou e caiu mesmo por cima daquilo, ficando por sorte com as mãos no chão do outro lado do carrinho.


Antes de qualquer reacção, ouve-se o meu colega B, com a maior descontracção e passividade dizer:


-"Epa.........
.................. sai dai que isso é para putos!"


Obviamente foi risota geral, dentro e fora do café!! :D

2 comentários:

  1. baton?
    acho que a tropa era desculpa para não admitir tendencias dele!

    ResponderEliminar
  2. Vicio, conheço alguns com tendencias e na tropa... :D

    ResponderEliminar

Se vieste até aqui... deixa umas letrinhas ;)